Política

Em Caxias, Bolsonaro prega direito de se armar e promete equipe de governo até agosto

Câmara de Indústria e Comércio da cidade convidou deputado para "conhecer melhor suas ideias"

Publicada em 06/04/18 às 08:01h - 95 visualizações

por TIRSUL


Compartilhe
   

Link da Notícia:

     O pré-candidato à presidência da República, deputado federal Jair Bolsonaro (PSL-RJ), esteve em Caxias do Sul nesta quinta-feira. Ainda no Aeroporto Regional Hugo Cantergianni, aonde chegou em voo comercial por volta das 15h40min foi recebido por centenas de apoiadores. No local, pousou para fotos e fez um rápido pronunciamento onde disse que o problema do Brasil que sempre foi o parlamento vai deixar de existir. " Estão com o povo até chegar no poder, depois se perpetuam. Acabou a era do PT", frisou o deputado.

 

     A plateia foi a êxtase quando ele bradou de cima de uma caminhonete: "Se estavam preocupados com o Lula é bom começar a se preocupar com o Bolsonaro". Sobre segurança, o pré-candidato afirmou que é uma tremenda irresponsabilidade desarmar a população e deixar a bandidagem armada. "Arma de fogo mais do que defender a vida de vocês é a defesa da liberdade", pregou.

 

     Ainda no discurso, Bolsonaro disse que sua equipe de governo estará montada no mês de agosto. "Não  será como hoje, onde depois que vencem a eleição vão para os porões do Jaburu lotear os cargos.

 

     "Não é com bolsa que você vai tirar o Brasil desse atual estado de coisas. É com Bolsonaro", comentou durante coletiva na Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC) de Caxias do Sul, onde se reuniu com empresários da região. O presidente da CIC, Ivanir Gasperin, disse que não foi feita nenhuma reinvindicação ao pré-candidato. A visita serviu para conhecer melhor as idéias de Bolsonaro, justificou.


     Durante o discurso em frente ao aeroporto, Bolsonaro usou um colete a prova de bala por baixo da camisa social e do paletó. Sobre o STF ter negado habeas corpus ao ex-presidente Lula, disse que a decisão foi correta. "Comemoro não pela derrota de Lula, mas pela vitória da justiça", afirmou . Ele Lembrou que está bem posicionado nas pesquisas e que agora é se manter para chegar ao segundo turno.

 

     Bolsonaro também foi ao 12º BPM, onde esteve com o comando da corporação por cerca de meia hora e tratou sobre questões de segurança. A agenda encerrou no salão da comunidade Nossa Senhora da Saúde onde se reuniu com simpatizantes.

 

Fonte: Correio do Povo




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.







Nosso Whatsapp

 (55)9 9691 2033

Visitas: 289387
Usuários Online: 76
Copyright (c) 2018 - TIRSUL - Estamos felizes por você estar aqui, compartilhe conosco suas idéias e comentários.