Agricultura

Greve dos caminhoneiros afeta abastecimento em supermercados e paralisa produção de frigoríficos

Publicada em 24/05/18 às 20:22h - 18 visualizações

por TIRSUL


Compartilhe
   

Link da Notícia:

A greve dos caminhoneiros, que entrou em seu 4º dia nesta quinta-feira (24), causa problemas de abastecimento e impactos na produção. Veja abaixo os principais setores impactados: 

Abras destaca preocupação com abastecimento de produtos perecíveis

Os supermercados possuem um estoque médio de produtos não perecíveis, e por enquanto, com relação a esses produtos  ainda não estamos com problemas. A preocupação, no momento, está mais nos produtos perecíveis. já recebemos informações dos seguintes estados sobre problemas no abastecimento devido à greve: Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Ceará, Espírito Santo, Pernambuco, Tocantins, Santa Catarina, Paraná, e São Paulo. Mas ainda poderemos receber mais informações de outros.

Em relação aos preços, a ABRAS está buscando sensibilizar o governo federal para que uma solução seja tomada imediatamente. Evitando, assim, que a população sofra com uma eventual elevação nos preços.

Por enquanto, ainda não temos expectativas de perdas e prejuízos. Pelas nossas últimas informações, sabemos que governo federal irá se reunir hoje à tarde com os representantes dos caminhoneiros, e estamos aguardando os resultados desse encontro.

Oferta de alimentos deve se agravar nos próximos dias, diz CEAGESP

A paralisação de caminhoneiros já comprometeu a oferta de produtos, mas deve se agravar nos próximos dias, caso a situação não se normalize, alerta a Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (CEAGESP), maior central de abastecimento da América Latina. Os preços de alguns legumes e frutas já subiram no entreposto paulista

Alguns produtores e fornecedores anteciparam as entregas de mercadorias para o final da tarde de domingo e, por isso, não houve registro de problemas de abastecimento no início da semana. A partir de agora algumas coisas devem começar a faltar. Segundo a companhia, é provável que os maiores efeitos da greve comecem a aparecer na sexta-feira.




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.







Nosso Whatsapp

 (55)9 9691 2033

Visitas: 101397
Usuários Online: 66
Copyright (c) 2018 - TIRSUL - Estamos felizes por você estar aqui, compartilhe conosco suas idéias e comentários.