Agricultura

Expectativas indicam redução dos estoques finais de soja dos EUA e do mundo na safra 2017/18

Publicada em 09/05/18 às 18:52h - 34 visualizações

por TIRSUL


Compartilhe
   

Link da Notícia:

O USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) traz, nesta quinta-feira (19), seu novo boletim mensal de oferta e demanda e alguns dos números mais esperados são os referentes à nova temporada norte-americana. E algumas expectativas para as estimativas já começam a ser observadas no mercado. 

Produção 2018/19 dos EUA

As projeções para a produção de soja dos EUA variam de 115,61 a 120,56 milhões de toneladas, com média de 117,33 milhões. No Agricultural Outlook Forum, realizado em fevereiro pelo USDA, o número estimado foi de 117,57 milhões e, na safra anterior, a produção americana foi de 119,53 milhões de toneladas. 

De milho, as estimativas para a produção variam de 353,61 a 370,96 milhões de toneladas e a média esperada pelo mercado é de 368,51 milhões. No fórum, o USDA trouxe uma projação de 365,53 milhões de toneladas e, no ano passado, colheu 370,96 milhões de toneladas do cereal. 

Estoques finais 2018/19 dos EUA

Os estoques finais de soja 2018/19 podem variar, segundo as expectativas, entre 9,14 e 19,46 milhões de toneladas, com uma média de 14,94 milhões. No Outlook, a projeção para os estoques da oleaginosa ficou em 12,52 milhões. 

Sobre o milho, os traders esperam um intervalo de 37,26 a 48,44 milhões de toneladas, e média de 41,43 milhões. No fórum do início do ano, o número esperado era muito maior e ficava em 57,71 milhões de toneladas. 

Estoques finais 2018/19 mundiais

O USDA estima ainda menores estoques finais mundiais 2018/19 de soja com uma média de 91 milhões de toneladas, com as expectativas variando de 75,5 a 97 milhões. 

Já para o milho, as projeções apontam algo entre 148,7 e 192,5 milhões de toneladas, com média de 182 milhões. 

Safra 2017/18

Apesar das expectativas serem grandes para os dados da nova safra, o mercado também se atenta muito aos números do estoques finais do presente ano comercial. 

Estoques dos EUA - Para os estoques finais norte-americanos de soja 2017/18, as expectativas variam de 13,34 a 15,38 milhões de toneladas, com média de 14,72 milhões. Em abril, o número ficou em 14,97 milhões e, na temporada 2016/17, em 8,22 milhões de toneladas. 

De milho, os estoques finais dos EUA são esperados com uma média de 55,32 milhões de toneladas, em um intervalo de 54,16 a 56,09 milhões de toneladas. No boletim anterior, os estoques do cereal foram estimados em 55,43 milhões e, no ano anterior, em 58,25 milhões de toneladas. 

Estoques do Mundo - A média esperada para os estoques finais globais de soja 2017/18 é de 90 milhões de toneladas, contra 90,8 milhões de abril. O intervalo das projeções é de 88,5 a 91 milhões de toneladas. 

No caso do milho, os números variam de 192,2 a 198 milhões de toneladas, com média de 195,2 milhões de toneladas. No relatório mensal de abril, a estimativa do USDA para o cereal veio em 197,78 milhões de toneladas. 

Produção da América do Sul - A produção de soja do Brasil poderia ficar entre 115 e 119 milhões de toneladas, com média de 116,6 milhões. Em abril, o número veio em 115 milhões de toneladas. Sobre a Argentina, contra os 40 milhões estimados no boletim passado, a média esperada é de 38,6 milhões de toneladas, com um intervalo de 37 a 40 milhões. 

De milho do Brasil, a produção é esperada em algo entre 83,9 e 91 milhões de toneladas, com média de 88,2 milhões. Em abril, foram 92 milhões de toneladas estimadas. Para a produção argentina, média esperada de 32,1 milhões, contra o número do mês passado de 33 milhões de toneladas. 




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.







Nosso Whatsapp

 (55)9 9691 2033

Visitas: 194152
Usuários Online: 73
Copyright (c) 2018 - TIRSUL - Estamos felizes por você estar aqui, compartilhe conosco suas idéias e comentários.