Agricultura

Integração lavoura-pecuária-floresta: por que a Fazenda Boa Fé investiu nesse sistema?

Publicada em 08/05/18 às 21:42h - 88 visualizações

por TIRSUL


Compartilhe
   

Link da Notícia:

Fazenda Boa Fé, em Conquista, MG, produz cerca de 10.500 litros de leite por dia, com 380 vacas em lactação. Dentro de seu sistema, há 38 hectares dedicados à integração lavoura-pecuária-floresta. Por que a fazenda investiu nesse sistema?

Conceito básico

O projeto de integração lavoura-pecuária-floresta da Fazenda Boa Fé nasceu dentro de um conceito muito importante, alinhado com a missão da propriedade, que é produzir alimentos, genética e tecnologias, transformando vidas e proporcionando de forma longeva e sustentável qualidade de vida para as pessoas.

A Fazenda Boa Fé decidiu, então, estender essa qualidade de vida não apenas para as pessoas que trabalham e se relacionam com a empresa de alguma forma, mas também, para o meio-ambiente, além de estender para os elementos produtivos desenvolvidos para a agricultura e para a pecuária.

Assim, foi com o conceito de proporcionar qualidade de vida para todos que nasceu esse projeto de integração lavoura-pecuária-floresta da Fazenda Boa Fé.

Conceito técnico

Há também um conceito mais técnico. O conceito da integração lavoura-pecuária-floresta consiste em alcançar flexibilidade e versatilidade no uso do solo para produção agrícola, pecuária e a exploração de espécies florestais, na linha de tempo definida pela espécie florestal, que no projeto dessa fazenda é de 12 anos.

Aspecto econômico

Há também um ponto muito importante: o nível de rentabilidade que a integração lavoura-pecuária-floresta proporciona para a fazenda.

Considerando a exploração das culturas agrícolas que foram instaladas e que podem ser instaladas ainda, somando-se com a rentabilidade da exploração pecuária, seja para leite ou para corte, como também a exploração das espécies florestais, nesse caso, o eucalipto, no horizonte de 12 anos, a rentabilidade líquida anual é maior no sistema integrado do que quando se explora cada uma dessas atividades individualmente.

Objetivos práticos do projeto

1) Proporcionar uma exploração integrada das três atividades, lavoura-pecuária-floresta, que proporcionasse maior rentabilidade por hectare.

2) Permitir cobertura permanente do solo, por meio do sistema de plantio direto, melhorando a fertilidade do solo.

3) Ter um sistema de produção eficiente e que proporcione bem-estar animal.




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.







Nosso Whatsapp

 (55)9 9691 2033

Visitas: 291135
Usuários Online: 70
Copyright (c) 2018 - TIRSUL - Estamos felizes por você estar aqui, compartilhe conosco suas idéias e comentários.